Funac por meio da ESMA capacita servidores no Curso de Formação Básica em Socioeducação – ESMA – Escola de Socioeducação do Maranhão

Funac por meio da ESMA capacita servidores no Curso de Formação Básica em Socioeducação

20190829_175044A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), por meio da Escola de Socioeducação do Maranhão (ESMA) capacitou servidores que atuam nos Centros Socioeducativos da Grande Ilha, no Curso de Formação Básica em Socioeducação.

Foram ministradas temáticas sobre: Relações Interpessoais; Proteção da Infância e da Adolescência como Política de Direitos Humanos; Adolescência e o Ato Infracional; Procedimentos de Segurança; Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE); Regimento Interno; A ética profissional e Medida de Proteção e Medida Socioeducativa.

A presidente da Funac, Sorimar Sabóia fala da importância da qualificação profissional e destaca  que o investimento na formação dos servidores impacta diretamente na qualidade do atendimento ofertado nas Unidades.

“Temos um conjunto de normativas estaduais, nacionais e até internacional, que regem a execução das medidas socioeducativas. O nosso trabalho está para além do cumprimento de tarefas, implica em conhecer primeiramente os nossos princípios e fundamentos, que significa ver o adolescente como sujeito de direitos e protagonistas de sua trajetória de vida. É preciso conhecer para ter esperança, respeito a sua condição peculiar de desenvolvimento e para vermos horizontes para os adolescentes, dando oportunidades para superação de suas dificuldades e isso conseguimos com a formação”, afirma Sorimar Sabóia.

A assistente social, Giselly Gonçalves avalia a formação. “O curso foi muito produtivo e conseguiu ampliar o nosso conhecimento, trazer debates engrandecedores que vão contribuir com a nossa atuação na socioeducação dentro das Unidades de atendimento”, declara.

A diretora da ESMA, Magdhayl Portela comenta que a capacitação possibilita alinhar os conhecimentos teóricos com a prática. “O servidor precisa conhecer a legislação, os procedimentos de segurança, conhecer também o regimento interno da própria instituição. No curso, todas essas temáticas são tratadas e todo servidor precisa conhecer para atuar com qualidade no sistema socioeducativo”, pontua a diretora.

“O curso foi ótimo e os conhecimentos que obtive vão fazer o diferencial na minha atuação enquanto educador social”,  ressalta Diego Santos.

Capacitação

Em 2018, a ESMA capacitou 1.343 servidores da Fundação da Criança e do Adolescente, nos cursos de Formação continuada: Gestão de pessoas no atendimento socioeducativo; Qualificação da intervenção socioeducativa no âmbito sociopedagógico; Qualificação básica e específica para motoristas, cozinheiros e operacionais.

Relacionadas

Nenhuma tag cadastrada