ESMA realiza abertura do curso de Facilitadores em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz para profissionais da Funac – ESMA – Escola de Socioeducação do Maranhão

ESMA realiza abertura do curso de Facilitadores em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz para profissionais da Funac




A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), por meio da Escola de Socioeducação do Maranhão (ESMA) e do Instituto Terre des Hommes, realizou na manhã de segunda-feira (14) a abertura do Curso de Facilitadores em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz. A formação continuada será realizada até 18 de fevereiro, das 8h às 17h, no auditório da Escola de Governo do Maranhão (EGMA).


Foram disponibilizadas 25 vagas destinadas aos servidores da Funac que atuam nas equipes técnica e de segurança dos centros socioeducativos de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Timon e Imperatriz, com foco na atuação do fortalecimento de vínculos e construção de sentido na comunidade socioeducativa para a resolução de conflitos (preventivos e reparatórios).


A presidente da Funac, Sorimar Sabóia Amorim, destaca a importância do curso. “A realização do Curso de Facilitadores em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz marca um momento muito importante na história da Fundação, pois há mais de 5 anos que a Funac não tinha um curso como esse, voltado à formação de facilitadores. É um investimento nos nossos profissionais em práticas restaurativas e queremos ver o resultado na ponta, ou seja, no atendimento das unidades”, destacou.


A diretora da ESMA, Priscilla Swaze, enfatiza a importância da realização da formação e destaca que as práticas restaurativas representam um pilar fundamental para o atendimento socioeducativo. “O curso é um dos investimentos que a Funac tem realizado para os servidores no que se refere à formação continuada, na mesma medida que representa um grande avanço para termos mais profissionais que dominem as práticas restaurativas, é um fortalecimento dessa metodologia no atendimento socioeducativo. Formar facilitadores representa um ganho institucional imenso e muito significativo. A ESMA cuida para possibilitar que os servidores tenham todas as condições para se desenvolver na formação. Além de acompanhar essa primeira etapa teórica, nós também nos colocamos como apoio na segunda fase do curso, que são os estágios com os círculos de construção de paz”, afirmou.


Para a assistente social Cybelle Cavalcante, lotada no Centro Socioeducativo da Região Tocantina, a formação tem grande relevância. “A experiência em participar do curso de facilitadores irá nos possibilitar aperfeiçoar e complementar o que já realizamos no centro socioeducativo referente aos Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz. Nesse primeiro dia foram realizadas dinâmicas que poderemos utilizar nos centros, trocamos experiências e informações sobre a construção e a importância dos valores nos círculos. A expectativa é uma semana de muito aprendizado”, afirmou.


A facilitadora de Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz, Renata Araújo de Oliveira, enfatiza a relevância do curso. “As práticas restaurativas na socioeducação estão alinhadas ao Sinase e buscam fortalecer o atendimento socioeducativo somado ao trabalho que já é realizado, seja junto aos adolescentes ou com os profissionais. Com a inclusão das práticas restaurativas na socioeducação, é estabelecido um novo paradigma de responsabilização, que faça sentido para todos os envolvidos e, principalmente, que repare os danos causados”, afirmou.


Formação


O curso possui carga horária de 100 horas, distribuída em 50 horas em aulas presenciais e 50 horas de estágio, ocasião em que serão realizados dez círculos de construção de paz.


Durante a formação, os profissionais serão qualificados acerca dos fundamentos, etapas e objetivos das práticas restaurativas, metodologia que colabora na prevenção e na resolução de conflitos em geral, contribuindo para garantir a melhoria das relações no espaço socioeducativo.





Relacionadas

Nenhuma tag cadastrada